Ajuda! Meu cachorro está com diarreia sanguinolenta

Isto é esperado; Ataques leves de diarreia são bastante comuns em cães e podem ser causados ​​por desconforto intestinal leve.

Muitas vezes, o desconforto intestinal está diretamente ligado à comida: seja uma reação adversa a algo que não combina com eles, como restos de comida, ou a mudança para uma nova marca de comida de cachorro que não os agrada.

Dito isso, também existem várias razões mais sérias pelas quais seu cão pode ter diarreia, algumas das quais exigirão atenção veterinária imediatamente.

Diarreia em cães – os culpados comuns

Abaixo estão algumas das razões mais comuns para a diarreia em cães:

  • Estresse ou ansiedade;
  • Mudança na dieta ou guloseimas;
  • Comer lixo ou comida estragada;
  • Ingestão de objetos estranhos, como brinquedos, ossos e tecidos;
  • Ingestão de toxinas ou venenos;
  • Infecções virais como parvovírus, cinomose ou coronavírus;
  • Parasitas – lombrigas, ancilostomídeos, whipworms, Coccidia ou Giardia;
  • Infecções bacterianas – como salmonela;
  • Pancreatite;
  • Doença inflamatória intestinal;
  • Colite;
  • Doença hepática ou renal;
  • câncer intestinal.

Medicamentos como antibióticos

Com uma gama tão ampla de causas potenciais, pode ser difícil saber quando os sintomas do seu cão são motivos para entrar em contato com o veterinário.

Ajuda! Meu cachorro está com diarreia sanguinolenta

Continue lendo para obter conselhos para ajudá-lo a decidir quando um caso de diarreia vale a pena uma visita ao laboratório veterinário.

Saiba Mais:  Abrasão da córnea: 6 Maneiras Naturais para Aliviar um Arranhado Olho

Diarreia sanguinolenta em cães

A indicação mais direta de que você deve considerar entrar em contato com seu veterinário é quando a diarreia do seu cão é sanguinolenta. Existem duas categorias de fezes com sangue a serem observadas quando seu cão está com diarreia

A hematoquezia é de cor vermelha brilhante e é um sinal de certos problemas médicos em potencial. Resulta de sangramento no cólon.

Melena é sangue que foi digerido ou engolido. Esse sangue escuro, pegajoso e quase gelatinoso indica que um problema sério no trato digestivo superior do seu cão pode ser o culpado.

Faixas singulares de sangue costumam ser um acaso. No entanto, se o sangramento estiver presente de forma consistente ou se o sangramento for em grandes quantidades, isso é um indicador claro de um problema muito maior, como uma infecção viral ou bacteriana, parvovirose, gastroenterite hemorrágica e até mesmo câncer.

Se você encontrar sangue nas fezes do seu cão, em qualquer quantidade, é sempre melhor entrar em contato com o seu veterinário, descrevendo exatamente o que você observou permitirá que seu veterinário lhe dê instruções detalhadas sobre o que você deve observar e se faz sentido para o seu cão vir para uma visita com base em seus sintomas.

Quando entrar em contato com seu veterinário

Se o seu cão tiver um episódio de diarreia e estiver agindo normalmente, provavelmente não é motivo de preocupação.

Saiba Mais:  Suplementos de DHEA, Benefícios E Efeitos Colaterais

Monitore os movimentos intestinais do seu cão para ver se o problema se resolve sozinho. Mais de 2 episódios podem indicar um problema, por isso é uma boa ideia ligar para o seu veterinário se o seu companheiro canino tiver dois ou mais episódios de diarreia.

Se o seu cão está se esforçando para defecar, mas está passando apenas pequenas quantidades de diarreia aquosa, ele pode estar sentindo um bloqueio doloroso devido à ingestão de um objeto estranho, como um brinquedo.

Esta é uma preocupação muito séria e precisa de atenção veterinária imediatamente, entre em contato com seu veterinário ou dirija-se ao hospital veterinário de emergência mais próximo para atendimento.

Ataques repetidos de diarreia em um curto período de tempo podem ser um sinal de um problema de saúde muito sério, principalmente se o seu cão for muito velho, muito jovem ou tiver um sistema imunológico comprometido.

A diarreia grave pode ser indicativa de infecções como o parvovírus, uma doença extremamente grave, contagiosa e com risco de vida. Contacte o seu veterinário imediatamente se o seu cão tiver episódios repetidos de diarreia.

Cães que apresentem outros sintomas, além de diarreia, também devem ser vistos por um veterinário o mais rápido possível. Se o seu cão apresentar algum dos seguintes sintomas, contate o seu veterinário imediatamente para marcar uma consulta:

  • Fezes com sangue;
  • baba incomum;
  • Vômito;
  • Falta de apetite;
  • Fraqueza;
  • Sinais de desidratação (olhos fundos e secos, nariz seco ou gengivas secas e pegajosas).
Saiba Mais:  Como fazer maquiagem para um casting

Se o seu cão apresentar algum sintoma que o preocupe, entre em contato com o veterinário. Seu veterinário informará se os sintomas de seu animal de estimação indicam que um exame é necessário.

Como tratar a diarreia em cães

Nunca dê medicamentos humanos ao seu cão sem consultar o seu veterinário, pois muitos medicamentos de venda livre que funcionam bem para humanos podem ser muito prejudiciais para os animais de estimação.

Se o seu cão teve uma ou duas fezes líquidas ou moles sem fraqueza acompanhada, vômitos ou outros sintomas preocupantes, você pode querer dar ao seu cão algum tempo para se recuperar simplesmente jejuando por 12 a 24 horas.

Uma dieta branda por um dia ou dois pode ajudar a resolver o problema do seu cão. Arroz branco cozido simples com um pouco de frango cozido sem tempero e um pouco de abóbora enlatada (não recheio de torta) pode ajudar a melhorar a barriga do seu cão.

Assim que o seu cão se sentir melhor, reintroduza gradualmente a sua alimentação regular.

Outras coisas que podem ajudar a aliviar a dor de barriga do seu cão incluem iogurte natural, probióticos, batatas cozidas descascadas, queijo cottage, ovo sem adição de óleo, alimentos especialmente formulados para cães e medicamentos prescritos pelo seu veterinário.

Quando se trata da saúde do seu cão, geralmente é melhor errar por excesso de cautela. Ao levar o seu cão para um exame, dá ao seu veterinário a oportunidade de determinar a causa subjacente da diarreia do seu cão e recomendar o tratamento mais eficaz.